5 famosos mitos da menstruação


Ao longo da história, muitas teorias foram criadas em torno da menstruação, um dos maiores tabus da sexualidade feminina. Vamos desmascarar algumas inverdades sobre o assunto?



Desfazer mitos sobre a menstruação faz parte de uma conversa mais ampla que visa desmontar o estigma social que vem com essa fase do ciclo menstrual. Saber a diferença entre fato e ficção é uma parte fundamental do autoconhecimento feminino. Não tem certeza se o que já ouviu sobre o assunto é verdade? Muitas vezes é difícil encontrar informações sólidas que possam esclarecer alguns tópicos. Vamos então esclarecer alguns mitos bem populares sobre a menstruação.


Mito 1 – Você não engravida durante a menstruação A verdade: Algumas pessoas acreditam que você não pode engravidar na menstruação porque seu útero está perdendo o revestimento interno, que é a maneira de seu corpo dizer: "Não há bebê aqui!". Enquanto a duração média de um ciclo menstrual (do primeiro dia em que a menstruação começa até o primeiro dia da próxima menstruação) é de 28 dias, muitas mulheres têm ciclos que duram entre 21 e 35 dias. A ovulação também varia - mulheres com um ciclo mais longo de 35 dias podem ovular por volta do dia 21, enquanto aquelas com um ciclo mais curto de 21 dias provavelmente ovulam por volta do dia 7. Quer você tenha um ciclo longo ou curto, o óvulo que você libera durante a ovulação pode viver entre 12 e 24 horas. O esperma pode viver por cerca de 3 dias. Resumindo, quanto mais perto do fim da menstruação, maior a probabilidade de engravidar - especialmente se seu ciclo for mais curto, pois há menos tempo entre a menstruação e a ovulação. Mesmo se você tiver um ciclo mais longo, ainda corre o risco de engravidar.


Mito 2: O sangue da menstruação cheira mal A verdade: Embora cada um de nós tenha seu cheiro único, o sangue menstrual em si não tem odor. É feito de sangue e tecido que sai do útero e, quando misturado com as bactérias que ocorrem naturalmente em seu corpo, pode cheirar um pouco menos do que fresco. Mas não se preocupe. É altamente improvável que outra pessoa possa sentir o cheiro. Você já foi capaz de sentir o cheiro quando outra pessoa estava menstruada? A higiene íntima, claro, deve ocorrer diariamente lavando a vulva com água e sabão. (Nunca use uma ducha vaginal - pode desequilibrar o seu pH e deixá-la sujeita a infecções). Já que a ideia de sangue menstrual cheirando mal é pura ficção, não há necessidade de se preocupar se outras pessoas podem sentir o cheiro. No entanto, se você notar um odor muito forte ou sentir que algo está errado, converse com seu médico para checar se há algum indicativo de infecção. Mas isso independente da menstruação, é a auto-observação em qualquer fase do ciclo.


Mito 3: Você perde muito sangue durante a menstruação. A verdade: A mulher média perde apenas cerca de 2 a 3 colheres de sopa de sangue durante a menstruação. Mesmo que você sofra de menorragia (também conhecida como sangramento intenso), seu útero libera apenas cerca de 4 colheres de sopa de sangue. A única hora de se preocupar é se você está perdendo tanto sangue que está afetando sua vida. Sangrar por mais de sete dias ou ficar anêmica são sinais de que você pode estar perdendo muito sangue e precisa consultar o médico.


Mito 4: TPM é algo da nossa cabeça A verdade: A TPM não é um transtorno inventado que usamos para justificar mudanças de humor, desejos e vontade de ficar em posição fetal. Ao longo do ciclo menstrual, os hormônios mudam constantemente. Os níveis variáveis de estrogênio e progesterona afetam nossos corpos e cérebros, causando irritabilidade, fadiga, cólicas e uma infinidade de outros sintomas desagradáveis. Embora existam maneiras de tratar a TPM, está longe de ser uma desculpa inventada.


Mito 5: A menstruação para quando você entra na água A verdade: Há desde a crença de que você não pode nadar durante a menstruação a pensar que seu fluxo para totalmente quando você está na água. Embora a pressão da água possa fazer o seu sangue ficar dentro da vagina, ela não para o fluxo completamente. Assim que você sair da banheira ou da piscina, sua menstruação continuará. Embora a gravidade faça um grande favor às nossas vaginas por não liberar o sangue menstrual do nosso útero enquanto estamos na água, não deixe de usar um tampão se for nadar porque ao sair da água, provavelmente o jato sairá.


Texto originalmente publicado para o site da Vogue Brasil.