Escreva um diário sobre sua vida sexual

Atualizado: 2 de mar.



Quem nunca fez um diário, agora pode ter seu primeiro... Quem adotava esse passatempo quando mais jovem, pode agora relembrar esses tempos, como é o meu caso. Ainda adolescente, eu tinha o costume de colocar minhas emoções e meu dia num caderninho fechado com um cadeado.


Bom, mas por que escrever sobre suas experiências sexuais? Porque muitas vezes nos esquecemos das sensações que vivemos. E por que não revivê-las? Outras vezes, pensar num momento específico pode nos trazer a resposta para algum trauma sexual que temos. Quando escrevemos, pensamos sobre aquela situação de forma mais analítica e distante. Observamos mais o todo do momento. E isso é importante para entendermos o que sentimos naquela noite, naquele almoço, naquela viagem.


Indico aqui 10 perguntas para você responder. Sugiro escolher um lugar tranquilo e um horário fixo para escrever 1 por dia, com calma e foco, observando as sensações que estas perguntas te trazem. Sinta e escreva. Será, sem dúvidas, um exercício de autoconhecimento sexual e, acima de tudo, você entenderá mais sobre suas emoções e si mesma.


Vamos lá:


1. Escreva sobre suas primeiras experiências sexuais. Interprete a experiência sexual de qualquer maneira, mesmo que seja sobre seu primeiro beijo.


2. Escreva sobre sua última experiência sexual. Como foi diferente da sua primeira experiência sexual?


3. O que você aprendeu sobre sexo enquanto crescia? O que você não sabia que precisava saber?


4. Como sua visão sobre sexo mudou ao longo do tempo?


5. Descreva uma fantasia sexual que você tem.


6. Transforme uma experiência sexual em um conto de ficção. Descreva a situação de forma erótica. Use o diálogo.


7. Escreva um poema sobre uma experiência sexual.


8. Escreva sobre o melhor parceiro sexual com quem você já esteve. Descreva um momento especial juntos.


9. Que mudanças você gostaria de fazer em seu "eu sexual"? Que mudanças sexuais você gostaria de ver seu parceiro fazer?


10. Escreva uma confissão sexual para seu parceiro ou alguém que você admira. Seja direta ou tão sensual quanto você gostaria.


LEIA MAIS: + (Re)inventando o sexo + Como o pole dance pode ajudar a sua autoestima + Como a leitura e a prática da sexualidade me ajudaram a entender melhor o universo feminino


Texto originalmente publicado para o site da Vogue Brasil.