8 séries para entender melhor sobre a própria sexualidade


Sexóloga indica obras para você aprender mais sobre seu corpo e seus desejos.



Já que a TV se tornou um dos melhores amigos nessa quarentena, por que não passar o tempo se entretendo e aprendendo um pouco mais sobre você? Listei aqui oito produções para entender de forma mais leve o universo da sexualidade.

Documentários

"Explicando... o Sexo”: Bem didático e científico. Assim é o trabalho dividido em 5 capítulos de 20 minutos cada. Até mesmo para quem está com preguiça consegue assistir. É rapidinho! Fantasias Sexuais, Atração, Contraceptivos, Fertilidade, Parto. Alguns capítulos você pode até sentir um desconforto como este último, já que um terço das mulheres no mundo descrevem o momento de dar à luz, um momento traumático. O documentário também toca em assuntos como infertilidade masculina, ainda tão pouco falada, com a sociedade dando o peso da “sequência familiar” somente à mulher ou até mesmo por que não existe ainda um contraceptivo masculino. Assista na intenção de absorver o conteúdo sem preconceitos.

Amor e Sexo pelo Mundo: a jornalista Christiane Amanpour desvenda como seis capitais (Tóquio, Délhi, Beirute, Berlim, Acra e Xangai) lidam com a sexualidade. Ali mostra também um recorte da sociedade de cada lugar citado. Em Tóquio, por exemplo, há bares onde mulheres vão para sentar e tomar um drink com “namorados postiços”. Não existe uma aproximação, nem beijo. Elas somente querem a companhia de alguém para estar à mesa. E a série retrata essa dinâmica. A cena mais tocante, para mim, foi em Beirute quando ela entrevistou uma mulher, por volta dos 60 anos, que ia todos os dias lavar e escovar os cabelos e tamb;em se maquiar. Intrigada, Christiane perguntou o motivo e ela respondeu: “quando você enfrenta uma guerra e sobrevive, você vive cada dia como se fosse o último e o que mais gosto de fazer é isso. Não sei como será o amanhã. Então me dou de presente esse momento.” Não é só uma série sobre sexo e sim sobre o comportamento humano e o quanto a sexualidade, o lidar com o próprio corpo e a vaidade podem ser tão abrangentes.

Goop Lab: A série documental, com Gwyneth Paltrow como apresentadora, fala sobre temas de bem-estar em seis capítulos de 30 minutos cada. Mas um deles trata-se especificamente do prazer feminino. Esse capítulo chama-se “O Prazer É Nosso” e a sexóloga Betty Dodson, uma das profissionais mais renomadas no ramo, dá uma aula de sexualidade feminina para a atriz e apresentadora. Foi na gravação, inclusive, que Gwyneth aprendeu a diferença entre vulva e vagina. O capítulo é bem didático e interessante para despertar a curiosidade de a mulher procurar mais informações por esse tal prazer feminino.

Ficção

Easy: A série já tem três temporadas tendo os relacionamentos amorosos como tema principal. Ou seja, muito assunto…sexo a três, relacionamentos homossexuais, virtuais, casais em crise, sadomasoquismo, mulheres que se separam para investir na carreira, mulheres que não querem ter filhos, crise de libido. Em algum momento você vai se identificar com os personagens e ali pode até fazer uma reflexão sobre a sua vida. E sim, há cenas de sexo muito bem realizadas que dão aquele calor bom, sabe…

Eu, Tu e Ela: Em quatro temporadas, a série começa com um casal entediado que contrata uma acompanhante para mudar um pouco a rotina da relação…até que um deles se apaixona por ela. O poliamor e a bissexualidade são temas centrais da trama e é interessante assistir para compreender um pouco mais sobre os tipos de relacionamentos de fogem do tradicional e que ainda estão naquela nuvem de preconceitos. Você assiste os três no dia a dia, as facilidades, as dificuldades que vivem ao longo da série. Temos que desmistificar esses tabus!

Amizade Dolorida: Depois de muita explicação e representação da vida real com os outros títulos citados acima, essa série, de forma bem leve e divertida, traz para o telespectador a dinâmica de quem pratica o BDSM (Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo). A personagem central é uma Dominatrix e ela coloca o amigo neste universo também. Confesso que às vezes eles tratam o tema um pouco de forma leviana e romantizada para o meu gosto, mas, para um primeiro contato e também entender os termos da prática, ele é válido. E você se diverte, com certeza!

Séries históricas

Outlander e Last Kingdom: Bom, agora chega de aprender e vamos ver cenas maravilhosas de sexo? Simples assim!! Depois de assistir a documentários e séries sobre relacionamentos, divirta-se com as produções históricas de conquistas na Idade Média como Outlander e Last Kingdom. Por que? As duas produções têm ótimas direções de cenas de sexo. Lindas mesmo! São excitantes e bem dirigidas. Você vai ficar feliz! Aliás o casal de Outlander tem uma química impressionante….delícia de ver os dois!

Bom, lição de casa pra já! Aproveite o tempo e aprenda mais um pouco sobre você mesma…


*Texto originalmente publicado para o site da Vogue Brasil.

Encontre a Lu também nas redes sociais

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle