top of page

O autoprazer como parte da vida

Atualizado: 13 de set. de 2022

Masturbação guiada, vibrador, áudio erótico são algumas das ferramentas que ganharam espaço no território sexual nos últimos meses e deram mais confiança às mulheres.

Os dois últimos anos foram desafiadores em muitos sentidos e, no âmbito sexual, o chamado self-pleasure ganhou destaque. Dar prazer a si mesma começou a ganhar o espaço merecido nas rodas de conversa e na cama. Descobrir-se na masturbação, comprar sex toys em e-commerce, consumir conteúdo on-line de sexualidade positiva e várias outras formas de entender seus próprio corpo fizeram com que a "tendência" do autoprazer não fosse algo passageiro e sim permanente na vida das mulheres, como um caminho sem volta. E que bom!


Um desses reflexos é a quantidade de marcas que surgiram ao longo dos meses voltadas para o chamado mercado "intimate care" com lubrificantes, óleos íntimos, sabonetes, espumas, velas, brinquedinhos e outros produtos deste universo. Tudo para o seu prazer em primeiro lugar. E mais: cuidando da sua região íntima e da sua autoestima.


Dar prazer ao outro é bom, mas dar prazer a si mesma é uma tendência que nunca sairá de moda. Se você ainda não experimentou o mundo maravilhoso de você ser o centro de seu prazer, sempre é hora de desbravar. Ler esse texto até o final já foi um ótimo passo...qual será o próximo? *Texto originalmente publicado para o site da Vogue Brasil. LEIA MAIS: + Por que uma mulher livre incomoda tanto? + 7 motivos para ter orgasmos regulares + O erotismo como parte da rotina de autocuidado


Comments


bottom of page