top of page

Como o ciclo menstrual afeta o desejo sexual

Ao longo do mês, a mulher entra numa montanha-russa de atividade hormonal. Entenda cada fase e como isso interfere no seu dia a dia na cama.

Tem dia que você se sente iluminada, desejada, dona de si. Tem dia que você não quer sair do sofá e prefere nem se olhar no espelho. Quem nunca? Na verdade eu todo mês (rs) Por que? Aqui há uma grande interferência hormonal. E o que os hormônios têm a ver com nos acharmos maravilhosas e prontas para o sexo ou o contrário? Tudo! Mas antes de me aprofundar na questão do ciclo menstrual, vou explicar um pouquinho cada hormônio para facilitar a nomenclatura: Hormônio luteinizante (LH): um hormônio produzido no cérebro que causa a liberação de um óvulo pelo ovário (ovulação).

Hormônio folicular estimulante (FSH): um hormônio produzido durante o período menstrual que informa aos ovários para preparar um óvulo para a ovulação. Progesterona: um hormônio produzido pelo corpo lúteo (bolsa no qual o folículo cresceu) que sinaliza a menstruação se o óvulo não for fertilizado. Estrogênio: um hormônio produzido por um folículo em crescimento (óvulo) no ovário que está envolvido no espessamento do revestimento uterino. Também afeta sua libido e metabolismo. Testosterona: normalmente considerada um hormônio masculino, a testosterona também é produzida nos ovários e suporta sua libido, massa muscular e energia. Depois dessa explicação, agora vou falar sobre cada fase do ciclo hormonal que afeta, especialmente, as mulheres que não utilizam de métodos contraceptivos hormonais. As mulheres que tomam pílula, por exemplo, não possuem essa flutuação hormonal ao longo do mês. Ou seja, existe um desejo sexual mais linear, podendo ser alto ou baixo. Aí depende da química corporal de cada uma. “Quem utiliza esse tipo de medicação não tem oscilação do desejo. Os hormônios estão sempre iguais. Você não vive os picos de tesão que naturalmente teria. A medicação não diminui a libido das pessoas, só não deixa ter o ápice daquele desejo que a ovulação proporciona. É algo contínuo e basal”, explica a ginecologista Karen Rocha De Pauw. Entenda a relação do ciclo menstrual com o desejo sexual: FASE MENSTRUAL O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM SEUS HORMÔNIOS? LH, progesterona, estrogênio e testosterona estão em seus níveis mais baixos. O FSH começa a subir, preparando o corpo para outro ciclo. O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM SEU DESEJO SEXUAL? A maioria das mulheres na fase menstrual se enquadra em uma de duas categorias: totalmente ativada ou nem sequer pensa nisso. Vale a pena notar que o modo como você se sente em relação à sua menstruação, bem como a sua forma física, pode afetar seu desejo. O risco reduzido de gravidez, lubrificação extra e o potencial do orgasmo de reduzir as cólicas podem ser um estímulo total para algumas pessoas que estão nessa fase. Por outro lado, fadiga, dor, náusea e sangue podem tornar insuportável a ideia de sexo com período. “Aqui há maiores chances de seu desejo ficar stand by”, explica Karen. FASE FOLICULAR O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM SEUS HORMÔNIOS? Estrogênio e testosterona começam a subir. O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM SEU DESEJO SEXUAL? Passou a menstruação? Você provavelmente se sentirá mais energizada, confiante e sedutora - e com isso, mais excitada. Seu interesse pelo sexo começa a aumentar. FASE OVULATÓRIA O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM SEUS HORMÔNIOS? Seus níveis de estrogênio atingem o pico alguns dias antes da ovulação e caem imediatamente depois. O LH e o FSH também atingem o pico imediatamente antes da ovulação, mas diminui mais lentamente após a liberação do óvulo. A testosterona também atinge o pico e começa a cair. O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM SEU DESEJO SEXUAL? Seu desejo aumenta bastante nos dias que antecedem e durante a ovulação. Se masturbar, fantasiar e consumir mais material erótico neste período é comum. Um pequeno estudo mostrou até que mulheres heterossexuais cisgêneros preferiam o pênis no sexo da vagina do que o oral na época da ovulação. Há também mais secreção vaginal, que pode aumentar a sensação e manter o sexo em mente, ajuda a excitá-la. “Estou ovulando. É agora ou nunca. Todos os hormônios altos. E a progesterona começa a aparecer te dando mais tesão para transar e engravidar.” FASE LÚTEA O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM SEUS HORMÔNIOS? A progesterona aumenta durante esta fase, atinge o pico aproximadamente na metade e cai se não ocorrer gravidez. O estrogênio se recupera um pouco antes de cair novamente nos dias anteriores ao seu sangramento. LH, FSH e testosterona continuam caindo. O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM SEU DESEJO SEXUAL? Provavelmente está começando a cair. Isso é especialmente verdadeiro se você lida com sintomas da TPM que afetam sua energia, humor e imagem corporal. A progesterona é conhecida por torná-la mais temperamental e mais ansiosa. Dado que o estresse é um problema para muitas pessoas, ter esse aumento não fará exatamente maravilhas para seu desejo sexual. “A função da progesterona nessa fase é te deixar mais cuidadosa e na esperança de uma possível gravidez ter ocorrido na fase anterior.”


*Texto originalmente publicado para o site da Vogue Brasil. LEIA MAIS:



댓글


bottom of page