top of page

Conheça as zonas erógenas não tão óbvias

Atualizado: 2 de mar. de 2023

Use o corpo todo para sentir prazer. Saiba os lugares-chave!

Lábios, língua, pescoço, mamilos e os próprios órgãos genitais já são pontos conhecidos quando queremos acionar algum tipo de prazer sexual. Mas vamos sair um pouquinho do lugar comum da excitação e entrar em áreas menos tocadas. Para começar, o que são as zonas erógenas? São partes do corpo sensíveis a estímulos que podem levar à excitação.


Numa relação sexual, não necessariamente a penetração em si, dar atenção aos corpos envolvidos é fundamental. Não somente a área genital mas a pele também, já que é nosso maior órgão. Então vamos nos desafiar a explorar toda a nossa superfície em nosso benefício. Qual ganho terá? Mais prazer!


Use e abuse, no bom sentido, de todas as áreas do seu corpo, inclusive estas que vou citar agora e veja quais têm mais significado para você. Até porque cada um tem uma sensibilidade diferente. O que é bom para mim, não necessariamente é bom para você ou sua parceria. Então teste e perceba quais regiões tocadas te levam àquele arrepio gostoso a mais:


Couro cabeludo
 Experimente receber uma massagem leve e relaxante na cabeça. Os movimentos podem desencadear sensações entre os ouvidos e o pescoço. Outras formas também de estimular a região: uma escovação suave no couro cabeludo, alguns arranhões leves com unhas ou puxão de cabelo.


Orelha, especialmente os lóbulos Pressionar, mordiscar ou apenas passar a mão nos lóbulos pode trazer uma sensação de relaxamento profundo. Experimente!


Axila e a parte interna do braço É uma zona de cócegas, mas você pode se concentrar e sentir outras sensações quando tocadas. Coçar ou esfregar com unhas mais longas pode trazer arrepios para quem recebe. Axilas é uma região bem sensível e pode dar muito prazer. Faça movimentos sutis de vai e vem com uma pena, com as unhas ou até mesmo com a língua.


Parte inferior das costas, costas em geral

A parte inferior das costas fica bem perto dos órgãos genitais, o que pode trazer uma excitação maior. As costas são muito sensíveis e tocamos somente em momentos de massagem, infelizmente. Mude essa rotina. Beije, use a língua, esfregue, morda. Traga sensações novas para a região.


Parte interna das coxas

É extremamente sensível ao toque, uma região quente e vascularizada. Experimente fazer movimentos ascendentes de massagem da parte interna das coxas em direção à região pélvica. Você vai ajudar a irrigar os órgãos sexuais, melhorando assim a excitação e a lubrificação da parceria.


Mãos e pulsos Toque as mãos da sua parceria de forma leve com a ponta dos seus dedos. Toque a mão inteira e depois faça uma massagem com mais pressão. É uma delícia. Depois disso, vá para os pulsos agarrando-os com firmeza. LEIA MAIS:


Texto originalmente publicado para o site da Vogue Brasil.

Comments


bottom of page