Primeiro Museu da Vagina abre as portas em Londres


O espaço localizado em Camden, ao norte da cidade, tem a proposta de educar as pessoas e quebrar tabus.



Após dois anos e meio de projeto e um crowdfunding de cerca de 250 mil reais, o Museu da Vagina foi finalmente inaugurado no último final de semana, em Camden, bairro ao norte de Londres. "Se Reykjavik, capital da Islândia, ganhou um museu do pênis, por que Londres não teria um da vagina?”, disse a comunicadora e criadora da ideia, Florence Schechter.


A exposição de estreia "Vagina Myths and How To Fight Them”(Os mitos da vagina e como enfrentá-los) é uma lição de anatomia, sexo e contracepção, gênero, menstruação, virgindade, corrimento, pelos pubianos e produtos de higiene feminina.


A ideia do projeto é divulgar conhecimento e aumentar a conscientização sobre a anatomia ginecológica e a saúde, trazer confiança para as pessoas falarem sobre questões relacionadas à anatomia ginecológica e promover valores intersetoriais, feministas e inclusivos. Além da exposição, há a tradicional “lojinha do museu” com vários itens desde joias a posteres relacionados ao tema. Vale a visita!


* Texto originalmente publicado para o site da Vogue Brasil.

Encontre a Lu também nas redes sociais

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle