Os prós e contras do sexo menstrual



Fazer sexo menstruada ou não no período menstrual? Eis uma escolha que, muitas vezes, cai no preconceito tanto dos homens quanto das mulheres. Então vamos olhar de forma prática e científica? Listei os prós e contras das relações no período de sangramento. Escolha qual time você fará parte!



Prós do sexo menstrual


1. Lubrificação extra devido à presença do sangue, ou seja, aumento na sensação e prazer. Mas não significa que você deva ignorar as preliminares.


2. Alívio da dor. Quando você experimenta o orgasmo, seu corpo libera endorfina, exercendo uma função analgésica. Isso significa que, se você estiver lidando com cólicas, dores no corpo, dores de cabeça, poderá ter algum alívio.


3. Sensibilidade aumentada. O que pode significar que sua experiência de orgasmo seja mais fácil, mais forte ou diferente. Entre a lubrificação extra e os hormônios menstruais percorrendo seu corpo, você pode sentir cada pressão, carícia, lamber e penetração com mais intensidade. Isso pode levar a coisas divertidas, como experimentar um orgasmo mais forte ou mais rapidamente ou de uma parte do corpo ou tipo de sensação diferente e muito mais.


4. Uma menstruação mais curta. Curiosamente, algumas pessoas relatam que ter orgasmo durante este período, encurta os dias de sangramento. Mas é mais pesado. Menos dias, mais fluxo. Acredita-se que as contrações musculares dentro e ao redor da vagina e do útero que ocorrem durante o orgasmo podem ser responsáveis por isso. O sangue é expulso de forma mais rápida e intensa.



Contras do sexo menstrual


1. Pode ser confuso, podendo nem você e sua parceria se sentirem à vontade para certas posições. Ou o preparar "o campo" antes de ter a relação pode interferir no tesão e no clima de desejo.



2. O risco de infecção é maior. Existem algumas razões para isso. Primeiro, o colo do útero fica mais aberto para permitir a passagem do sangue; portanto, é mais fácil para bactérias e vírus penetrarem ainda mais em seus órgãos pélvicos. Em segundo lugar, o HIV e a hepatite são patógenos transmitidos pelo sangue. Em outras palavras: eles “viajam” melhor no sangue do que a lubrificação que seu corpo faz durante as outras semanas do mês/seu ciclo. Por fim, o sangue aumenta o pH da vagina, tornando-a menos ácida. E a acidez é um processo natural de proteção. Em um estado menos ácido significa que parte dessa proteção é diminuída/comprometida.


3. Pode doer mais por estar mais sensível.


4. Cada ciclo é diferente, então você não sabe o que esperar durante a relação sexual.


LEIA MAIS:

+ Por que uma mulher livre incomoda tanto? + 7 motivos para ter orgasmos regulares + 5 comportamentos sexuais que prometem fazer sucesso entre os solteiros


Texto originalmente publicado para o site da Vogue Brasil.